domingo, 7 de março de 2010

Cristianismo?

Vou deixando bem claro desde o inicio desta postagem que eu sou protestante, quem estudou alguma coisa na vida sabe o que isso quer dizer. Enfim, as noticias que invadem os aparelhos de comunicação em massa vem mostrando quão deturpada esta a visão das pessoas, e como certas pessoas amam manipular as massas.

Primeiramente, gostaria de falar dessas pessoas que se denominam pastores e lideres religiosos que utilizam a Bíblia e alteram o sentido de seus textos para o enriquecimento próprio. O que é algo muito presente no cenário brasileiro e de grande tristeza, pois se utilizam das crenças das pessoas para ROUBAREM seu dinheiro. Isso até me lembra a Igreja na Idade Média manipulando toda uma sociedade para manter o controle dela, privando as pessoas de Deus, como se isso fosse possível? Até que surgiu Lutero e acabou com toda essa visão errada, será que é necessário um novo Lutero?

Com isso, o que mais surgem são críticos ao Cristianismo. Mas alguma dessas pessoas realmente sabe o que é o Cristianismo? Para os leigos, que deve ser a maioria, a verdadeira mensagem que Cristo passou foi a de amor e união das pessoas, procurando conciliar as opiniões, ouvir o que as pessoas tem a dizer, mudando a sociedade em que as pessoas vivem para melhor. Enfim, tem algo haver com esses hipócritas religiosos do cenário brasileiro? Bem, então na hora de criticar, critique esses palhaços e não a fé dessas pessoas.

Este post não foi para agradar a ninguém, apenas para aliviar minha raiva, tanto quanto aos idiotas que roubam, quanto aos idiotas que criticam sem fundamento. Deus os abençoe, e estudem, pois sem conhecimento pereceremos, sabe de onde tirei a idéia dessa frase? A Bíblia, depois quem não é ignorante são os cristãos neh!?

Boa Noite
By Extreme

3 comentários:

Jessie Snail disse...

uma palavra:
amei.

:*

The Extreme disse...

arigato!
^^

Clockwork Orange Droog disse...

Sinto o por que deste post. ^^

Naa contra cara, se 10% das pessoas cristãs fossem sensatas como vc viveriamos num mundo melhor.