sexta-feira, 19 de março de 2010

Guerras, parte 1

Embalado pelo ritmo revoltante do punk rock, venho hoje escrever sobre algo que me irrita profundamente, as guerrras. Essa merda que não tras beneficios nenhum ao mundo, e nao me venham argumentar que ela tras progressos tecnologicos. Vão se ferrar pessoas que dizem tais coisas, o progresso pode ser obtido de outras maneiras que sejam pacificas.Não custando a vida de milhões de inocentes, que a única culpa que possuem é de terem sido vitimas da ganancia dos poderosos.

Contudo, vamos pensar um pouco sobre a guerra a varios seculos atras. Antigamente, a guerra era usada como ferramenta para conquista de uma terra para determinado povo. Com ideias até que nobres de proporcionar um local para um povo, sendo ela muito antigamene ainda "aceitavel" devido ao contexto que a humanidade vivia.

Com a formação dos "imperios" a guerra já passou a ter uma outra dimensão. Os reis e imperadores começavam agora a alimentar o sentimento ganancioso humano. E isso tornava civilizações menos poderosos escravas de seu poder, quando não morriam resistindo a dominação.

Hoje, vemos a continuação desses "imperios", mas agora o que movimenta tais lideres é o desejo pelo dominio economico e politico, muitos morrem e morreram por motivos simplorios. Sangue inocente que escorre por muitos países apenas para satisfazer a economia de uma elite sem cabeça.

Continuarei pensando sobre isso nos proximos post!

2 comentários:

bah_hubner disse...

Samuquinha me enche de orgulho *-*
quando eu crescer quero ser igual a vc ...

HSIOUHSIuhoiS
Vc escreve muito bem ._.
ja penso em ser jornalista? kkkk
é deixa pra la =x

hasta
;*

The Extreme disse...

hauhauhaua, eu jornalista!?
nunca tinha pensado não, quem sabe depois dos milhares de curso q eu quero fazer... huahuahua

e arigato!